30/06/2013

A vida de uma treinante oficial ...

Ser treinante ou tentante é coisa de louco! Só quem já foi ou é sabe do que estou falando...

Tem tentante que consegue de primeira, outras, esperam, esperam e esperam.

Nesses meses, e anos de espera tudo acontece: a "monstra" adianta, atrasa, ou some de vez!

Aí você faz o teste e ...apenas 1 listra aparece! NEGATIVOOO :(

Então vc pensa: Melhor fazer o beta, mas e se eu fizer e der negativo, vou me chatear ainda mais! Mas e se eu tiver grávida?  Aff...que confusão é a cabeça de uma tentante.

Ser tentante é TENTAR de tudo:

* Treinar um dia sim e outro não;

* Treinar todos os dias;

* Ficar de perninhas pra cima pq ouvimos falar que ajuda os espermatozoides a chegarem mais rápido ao útero;

* É tomar água inglesa, saúde da mulher pq dizem que limpa o útero e prepara para a gravidez;

* É fazer váaaarios exames constrangedores e muitas vezes dolorosos, com entusiasmos pq sabemos que é por uma boa causa...alias, boa não ÓTIMA!

* É fazer rabiscos e mais rabiscos em calendários, e agendas para não esquecer dia que a "monstra" veio, dia que estaremos férteis  dia que treinamos e dia que é pra "monstra" NÃO vir;

* É não calcular período fértil e nem nada pra ver se a ansiedade diminui e o positivo vem.

* É ficar se imaginando com o teste positivo em mãos e como e pra quem contar primeiro (depois do pai é claro).

* É querer morrer de raiva que raiva, ai que ódio quando o mundo inteiro te pergunta: E o bebê quando vem ?

* É sentir, enjoos, tonturas, dores nos seios e ...NÃO ESTAR GRÁVIDA!

* É aguardar ansiosamente á data da "monstra" NÃO vir, morrendo de medo dela aparecer.

* É chorar, se entristecer, querer desistir, enlouquecer quando se depara com a intrometida.

* É comer um montão de chocolate para ver se a dor diminui quando a monstra desce.

* É ficar horas e horas a fio pesquisando na net coisas para seu bebê e imaginado o quartinho dele (a), com uma barrigona linda, amamentando, trocando...

* É se revoltar em ver pessoas que conhecemos engravidar "sem querer" ou ver nos telejornais, notícias de mães que não mereciam ser mãe, ou pior  mães que nem merecem ser chamadas de mães que jogam seus bebês no lixo ou simplesmente abandonam..é revoltante.

* É esperar sem saber até aonde nossas forças aguentam...

* É renovar suas forças todos os meses no período fértil, imaginado que aquele mês será diferente e em breve vocês estará grávida...

* É começar a fazer teste de farmácia escondido do marido, só pra que ele não te veja sofrer mais uma vez e te proíba de fazer testes...

* É ir dormir todos os dias pensando como vai ser quando sua barriga começar  a crescer e você ouvir o coração do seu bebezinho...

* É imaginar a reação daquelas pessoas que vivem te humilhando, te entristecendo só porque elas tem filhos e você ainda não...

*É acreditar em Deus mesmo tudo sendo contrário!!!!

Eu sou essa mulher ai, essa tentante até o dia que Deus quiser e meu tempo chegar...

 "A luta é grande, a espera é árdua, mas a Vitória é certa Em Nome de Jesus Cristo de Nazaré!!!

Beijos férteis 
Gabi

2 comentários:

  1. E é assim mesmo né?
    Já passei por isso...
    Foi "apenas" um ano, mas foi um ano de lutas, sonhos, desilusões, esperanças... uma mistura louca de sentimentos!
    Mas acredite, ter fé, crer em Deus, vale a pena!!!!

    ResponderExcluir
  2. Amém, eu creio Vanessa!
    Obrigada pelo carinho, bjus

    ResponderExcluir

Muito Obrigada por Comentar!!!
Porque para Deus nada é impossível. (Lucas 1:37)
Bjos com carinho ♥

© Futura Mamãe - 2014. Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Femme Digital.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo